sexta-feira, 20 de março de 2015

armadilha


Eu nem deveria escrever sobre ele, não é? Ele não merece. Há quem diga que ele não merece nem mesmo meus pensamentos, quem dirá minhas palavras. Mas o problema não é esse, o problema é que eu já sabia disso desde a primeira vez que nossos olhares se encontraram. Eu sabia que ele fingiria para todos que conhece. Eu sei, ele não é uma estrela constante. E mesmo sabendo, me entreguei desde o começo, ele me pegou de surpresa.
E sei que não deveria, mas sinto falta daquele pseudo-amor-incondicional. Nós dois sabíamos que não era amor, nós dois sabíamos que não ia durar, mas não era assim que nos sentíamos.


Mas eu ainda não terminei

Acesse »
De cair em sua armadilha

4 comentários:

  1. Gostei do título e amei o final! O texto me fez lembrar a uma música, mas não lembro qual. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado, Mel! Eu peguei alguns trechos da música Fool's Gold, da One Direction, hehe!

      Excluir
  2. O legal é que está tocando uma música super romantiquinha no fundo aqui, o que calhou muito bem com este texto incrível...

    p.s: vendo a letra da música, percebi que há semelhanças também... Que coincidência, né? A música? "Ramona" (http://letras.mus.br/scott-pilgrim-vs-the-world/ramona/traducao.html#radio). É de um filme a que assisti ontem, "Scott Pilgrim Contra o Mundo" — honestamente o longa, apesar de ter sido muito indicado para mim, não me agradou muito, mas devo admitir que a trilha sonora é bacana, hehe'

    O Único Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Lari! Não tem noção do quanto seu elogio significa pra mim! Admiro muito você e amo tudo o que escreve! Muito obrigada <3

      p.s.: Me inspirei na música Fool's Gold, da One Direction! Adorei a música "Ramona", você tem muito bom gosto musical, adoro as músicas que você indica no blog! <3

      Excluir